Como manter a segurança dos dados da empresa? Saiba aqui!

fevereiro 3, 2017 7:00 am Publicado por Deixe um comentário

Diante do crescimento de ameaças virtuais, gestores de TI passaram a investir em novas técnicas de segurança que buscam tornar o ambiente corporativo mais confiável. Dessa forma, o negócio consegue se preparar melhor para mitigar os efeitos do comprometimento da infraestrutura de TI. Também vale destacar que tais medidas reduzem o número de vulnerabilidades e, consequentemente, tornam os dados digitais mais exatos.

Se você quer conhecer as principais abordagens que podem ser tomadas para proteger os dados da empresa, confira esta lista:

Mantenha os softwares atualizados

A atualização de softwares é um processo que deve ser feito regularmente. Assim que uma nova versão de um sistema operacional ou ferramenta interna for publicada, o gestor de TI deve iniciar o processo de homologação, reduzindo o tempo em que a companhia ficará exposta.

Isso é algo válido especialmente para casos em que atualizações críticas são liberadas. Elas corrigem problemas graves que, se explorados por hackers, podem causar grandes prejuízos ao negócio.

Monitore a infraestrutura de TI

O monitoramento de recursos é uma medida proativa, que reduz o tempo necessário para a empresa identificar problemas. Por meio de alertas automatizados, técnicos podem aplicar medidas corretivas com maior agilidade. Consequentemente, o impacto causado por tais falhas será menor.

Monitorar a infraestrutura também facilita a sua otimização a médio e a longo prazo. Como a companhia contará com um histórico sobre o funcionamento de todos os equipamentos, será mais fácil levantar os pontos que necessitam de reparos.

Tenha uma rede Wi-Fi protegida

Com a popularização de dispositivos móveis no meio empresarial, as redes sem fio tornaram-se obrigatórias em vários locais, especialmente os que já investem na Internet das Coisas. Diante disso, o gestor de TI deve adotar medidas para tornar o Wi-Fi corporativo mais robusto e confiável.

O padrão WPA2 deve sempre ser priorizado. Caso julgue necessário, o SSID pode ser ocultado, dificultando técnicas de invasão por força bruta. Já a restrição de acesso via MAC address impedirá vários acessos não autorizados e tornará a conexão de um aparelho confiável mais complexa.

Tenha a criptografia como aliada

A criptografia de sistemas de armazenamento é outra abordagem que pode ser utilizada por negócios para reduzir as chances dos dados da empresa serem expostos a terceiros. Investir em ferramentas que tornam os dispositivos móveis — como pen drives e HD externos — protegidos contra ataques e tentativas de acesso não autorizado é algo que se torna cada vez mais importante.

Em um ambiente corporativo de alta mobilidade, criptografar informações é uma medida básica. Das conexões de dados em redes desconhecidas (com o auxílio de VPNs) até a criptografia padrão do iOS, o gestor de TI deve divulgar procedimentos para tornar os sistemas digitais mais seguros e confiáveis.

Como consequência, o empreendimento poderá garantir que registros internos não serão capturados em caso de ataques do tipo man in the middle ou roubos de dispositivos.

E você, já faz uso de alguma medida de segurança digital no seu ambiente de trabalho para proteger os dados da empresa? Então deixe um comentário e compartilhe as suas técnicas conosco!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *